Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

Início Rápido

Notícias: Unigranrio solidariza-se com famílias das vítimas do voo da Chapecoense, no dia do ‘Prêmio Ser Humano’

01/12/2016 08:00
>
Notícias
Nossa universidade foi uma das finalistas da 36ª edição do “Prêmio Ser Humano 2016”, com o projeto ARCO. Essa cerimônia foi promovida pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RJ), nesta última terça-feira (29/11), no auditório da Firjan, dia em que o mundo ficou perplexo com a tragédia que vitimou 71 pessoas que viajavam no avião da equipe da Chapecoense (Avro RJ-85 da empresa Lamia), que caiu na Colômbia. A Unigranrio manifesta seu profundo pesar pelo trágico acidente ocorrido com jogadores, comissão técnica, jornalistas, radialistas e tripulantes desse voo. Nossa solidariedade continua, e nosso coração está presente em Santa Catarina:  #ForçaChape.


(fotos de capa e da equipe vencedora: Divulgação ABRH-RJ/ Rosane Naylor).

 

O projeto “Arco – Ambiente de Relacionamento Corporativo Unigranrio” recebe aplausos, e seus coordenadores são homenageados com certificados da ABRH-RJ.



 O case “Arco – Ambiente de Relacionamento Corporativo Unigranrio” foi uma das estrelas do “Prêmio Ser Humano 2016”. Esse projeto integrado por Carla Marçal (coordenadora de Desenvolvimento Organizacional da Unigranrio), Pedro Muniz (analista de Comunicação Interna da Unigranrio) e Leonardo Diniz (coordenador de Marketing da Unigranrio) tem como objetivo gerar comunicação multilateral dentro da instituição, de forma mais eficiente. O ARCO proporciona diálogo ampliado com todos os funcionários das unidades da Unigranrio, seja no Estado do Rio de Janeiro ou em Santa Catarina, local onde funciona a Fatenp/Unigranrio. Marina Drufryer, analista de Recursos Humanos da Unigranrio, também prestigiou a cerimônia da ABRH-RJ. “O ARCO está ancorado junto à rede social do Google, o Google+, em que abrange funcionários de um modo geral, transformando nossos funcionários em agentes ativos da comunicação interna, por meio de compartilhamento de conteúdos”, define Carla Marçal.  

 

Enel Brasil leva o prêmio na categoria Média/Grande Empresa, mas Unimed, Amil e Unigranrio obtiveram destaque nesse conjunto. 



Os organizadores dividiram os prêmios em categorias distintas: Média/Grande Empresa, que teve como vencedora a Enel Brasil, presente em mais de 30 países e com mais de 69 mil colaboradores. Essa multinacional não estava sozinha na disputa. A Amil e Unimed deram o tom de grandeza nesta categoria, onde a Unigranrio se fez presente entre os finalistas. 


 O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) levou o prêmio na categoria Organizações do Setor Público. O Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds) foi o vencedor na categoria Organizações do Terceiro Setor.



Na sequência da cerimônia, o público viu mais uma categoria: Organizações do Setor Público, cujo prêmio coube ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), autarquia criada em 1970, vinculada ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e Organizações do Terceiro Setor, conferido ao Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds), que desenvolve projetos em todo o Brasil , nos eixos de Educação e Cidadania, Inclusão e Bem Estar, empreendedorismo, desenvolvimento integrado e desenvolvimento comunitário.



 Paulo Sardinha, presidente da ABRH-RJ elogia a todos os participantes e conclama seus pares para novas propostas em 2017.



A universitária Gabriela Bernardi Melo, da PUC-Rio, recebeu o prêmio de melhor Trabalho Acadêmico. Paulo Sardinha, presidente da ABRH-RJ, usou a tribuna para fazer um discurso incisivo e promissor, em que conclamou seus pares para novas soluções, que deverão passar por diálogos e atitudes que representem reflexão e troca de ideias entre gestores, diretores e administradores de um modo geral: “O ano de 2016 tem sido um ano muito difícil para o nosso país, mas a presença de tantos profissionais de RH aqui reunidos, mostra-nos que todos estão emprenhados na busca de soluções, em tomar o coletivo como uma forma de passar por esse momento de crise”, concluiu Sardinha.

 

“Papo de Responsa”, iniciativa da Polícia Civil, recebe homenagem especial. 



Antes de encerrar, ainda houve uma homenagem especial ao programa “Papo de Responsa”, iniciativa da Polícia Civil, que vai às escolas públicas e particulares para promover o diálogo entre os jovens e a polícia. Este projeto criado em 2012 para discutir sobre temas atuais, como prevenção às drogas, violência urbana, cyberbullying e policiamento de proximidade. Recentemente, esse projeto foi levado para o Departamento Geral de Recursos Humanos (DGRH), com intuito de valorização do policial civil.

 

Autoridades presentes: O secretário estadual de Turismo, Nilo Sérgio Félix; o presidente da TurisRio, Paulo Senise; e o superintendente do SESI e diretor regional do Senai, Alexandre dos Reis compareceram à cerimônia de premiação, onde a Unigranrio marcou presença entre os concorrentes.

Galeria de imagens da notícia

Enviar Comentário

 
 
   

Últimos Comentários

Seja o 1º a comentar!